Use o código e tenha 10% de desconto!

User Experience Design Como criar produtos digitais com foco nas pessoas

Rogério Pereira

Prefácio

A experiência do usuário (UX) engloba todos os aspectos da interação que as pessoas costumam ter com uma marca, seus serviços e principalmente com seus canais digitais (sites, aplicativos e softwares). E toda essa experiência se inicia desde o primeiro contato com uma marca até o momento do consumo dos seus produtos.

As grandes marcas já perceberam o quão é importante investir em experiência do usuário com o objetivo de melhorar a percepção sem esquecer do retorno financeiro. Uma pesquisa de satisfação aponta que quase 90% dos usuários alegam menos chance de retornar a um site depois de uma experiência negativa com o mesmo. (Fonte: Akamai Study). Mesmo porque um novo site está sempre a um clique de distância.

Ter a preocupação com a experiência das pessoas começou a fazer muito mais sentido quando percebi que construir produtos digitais estava além de apenas fazer uma página agradável visualmente. Quando comecei a trabalhar na área de UX, o mercado era bastante amador e muitas vezes apenas uma pessoa era responsável por pensar em todo o produto do início ao fim, porque não existia tanta complexidade e as empresas ainda estavam pouco preocupadas com a experiência que as pessoas tinham com suas marcas nesses ambientes.

Mas este cenário mudou bastante devido a tamanha complexidade que existe hoje. Antigamente, o volume de informação produzido todos os dias era muito menor. Hoje, cada pessoa produz uma quantidade de informação infinitamente maior e a tecnologia evolui em uma velocidade assustadora. Por isso, hoje em dia é muito mais difícil fazer um produto digital que atinja todos os objetivos, e com isso existe a necessidade de ter profissionais de diversas disciplinas para que todo o caos faça sentido para as pessoas. E o profissional de UX está no meio disso tudo.

Steve Jobs foi um revolucionário na relação dos consumidores com seus produtos. Para ele, os produtos deveriam entregar uma experiência marcante e, por isso, os Designers e Engenheiros da Apple tinham a responsabilidade de se preocupar com todos os detalhes presentes em seus produtos. Steve também teve a preocupação de reduzir o portfólio de produtos da empresa para facilitar a vida das pessoas no momento da escolha. Outra preocupação também era como as lojas da Apple eram estruturadas para que o consumidor tivesse uma ótima experiência de experimentação até a conclusão da compra.

Nos últimos dez anos, dediquei a minha carreira no aprendizado de construção de produtos digitais que façam diferença na vida das pessoas. Claro que ainda tenho muito para aprender. Mesmo porque a profissão de UX Designer exige um aprendizado constante e você tem que se manter sempre atualizado sobre como acontece a relação das pessoas com a tecnologia.

 

ESTRUTURA DO LIVRO

No primeiro capítulo, vamos fazer uma breve introdução sobre a profissão de UX Designer e entenderemos os conceitos que definem a importância da área, o que faz um UX Designer no seu dia a dia de trabalho e quais são os diferentes perfis de atuação.

No segundo capítulo, vamos entrar mais a fundo em algumas das principais metodologias e materiais produzidos pelo UX Designer. Vamos entender também como acontecem os primeiros passos no momento de construir uma visão de um produto digital (site, aplicativo, software) e como ocorre a interação com outros perfis que normalmente trabalham em um projeto.

O terceiro capítulo é focado na atividade de Arquitetura de Informação que tem o papel de definir como ocorre a organização da informação em um produto digital. Também faremos um exercício de Card Sorting para entender como as pessoas pensam e organizam a informação da maneira que faz sentido para elas.

No quarto capítulo, o produto começa a ganhar vida. Vamos aprender desde a criação de sketches no papel até os wireframes de uma estrutura de interface. Falaremos sobre a importância de começar a colocar as ideias no papel antes de documentar no computador. O capítulo propõe um exercício de Sketch em conjunto com as pessoas que normalmente estão participando do projeto.

O quinto capítulo trata da importância da usabilidade na construção de produtos que ajudem as pessoas a realizarem suas tarefas. Falaremos desde a parte conceitual sobre usabilidade até a prática de um teste de usabilidade por meio de um exercício.

O sexto e último capítulo tem como objetivo ajudar as pessoas que desejam entrar no mercado de trabalho e traz várias dicas de como dar os primeiros passos na profissão. No capítulo, há vários links de profissionais influentes na área, lista de livros, eventos, cursos e também traz algumas dicas de como as pessoas podem construir um bom portfólio.

Então, ao ler este livro e realizar os principais exercícios, você será capaz de entender como funciona todo o processo de construção de produtos digitais. Use o livro para aprimorar as metodologias que vão ajudá-lo a pensar na experiência do usuário. Espero que ele o ajude a dar os primeiros passos em uma profissão que só tem a crescer, tanto no Brasil como no mundo todo.

 

Público-alvo

Este livro é para todos aqueles que queiram aprender sobre como construir produtos digitais eficazes utilizando metodologias de UX. Não precisa ter formação em Design, Sistemas de Informação, Jornalismo, Publicidade ou qualquer outro curso que seja similar ao que é feito na profissão. Basta que você seja um curioso e tenha vontade de criar coisas que vão impactar a vida de milhões de pessoas. 

 

Sumário

  • 1 Introdução ao UX Design
    • 1.1 O que é UX Design
    • 1.2 As disciplinas de UX Design
    • 1.3 O que faz um UX Designer
    • 1.4 Quem pode ser UX Designer
    • 1.5 Os diferentes perfis de atuação em UX Design
    • 1.6 O que o UX Designer não faz
    • 1.7 Conclusão
  • 2 Metodologias e entregáveis de UX
    • 2.1 Fase de descoberta
    • 2.2 Visão do produto
    • 2.3 Desenho de interfaces
    • 2.4 Validação com usuários
    • 2.5 Conclusão
  • 3 Arquitetura de Informação
    • 3.1 O que é Arquitetura de Informação
    • 3.2 O que é preciso conhecer para organizar bem a informação
    • 3.3 Componentes da Arquitetura de Informação
    • 3.4 Quais são os entregáveis da Arquitetura de Informação
    • 3.5 Como se aprofundar no assunto
    • 3.6 Conclusão
  • 4 Desenho de interfaces
    • 4.1 Modelagem de conteúdo
    • 4.2 Criação do Framework de Experiência
    • 4.3 Mapeamento de módulos e construção de templates
    • 4.4 Detalhamento do conteúdo dos módulos
    • 4.5 Sketches
    • 4.6 Wireframes
    • 4.7 Ferramentas de desenho e prototipação
    • 4.8 Conclusão
  • 5 Usabilidade em produtos digitais
    • 5.1 Simplificar não é tão simples
    • 5.2 Informações em pequenas doses
    • 5.3 Como criar hierarquia em uma interface
    • 5.4 Deixe claro ao usuário o que fazer a seguir
    • 5.5 Conheça as heurísticas de usabilidade
    • 5.6 Teste de usabilidade
    • 5.7 Conclusão
  • 6 Como começar a trabalhar como UX Designer
    • 6.1 Como faz para começar na área?
    • 6.2 Livros sobre UX
    • 6.3 Eventos e cursos sobre UX
    • 6.4 Como construir um portfólio
    • 6.5 Produza conteúdo sobre UX
    • 6.6 Se prepare para a entrevista
    • 6.7 Freelas e vagas
    • 6.8 Conclusão
  • 7 Bibliografia

Dados do produto

Número de páginas:
196
ISBN:
978-85-94188-66-3
Data publicação:
06/2018

Compartilhe!

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter