Use o código e tenha 10% de desconto!

Refatorando com padrões de projeto Um guia em Java

Marcos Brizeno

Prefácio

Estudar os conceitos e a estrutura dos padrões de projeto lhe dará um maior entendimento sobre design orientado a objetos, permitindo implementar soluções flexíveis e fáceis de evoluir. Se você entende os conceitos básicos de Orientação a Objeto e quer dar o próximo passo, este livro foi escrito pensando em você.

Ao identificar, coletar e formalizar padrões de projetos, os autores buscam uma maneira mais fácil de catalogar e passar o conhecimento de soluções para outras pessoas. Ao longo dos capítulos, vamos explorar mais sobre como aplicar essas soluções de maneira mais efetiva no dia a dia através das técnicas de refatoração. 

Este livro apresenta exemplos práticos de como identificar problemas e entender melhor o contexto da situação, para em seguida implementar um padrão de projeto que melhore o código. Ao modificar o código, veremos como aplicar técnicas de refatoração para que o processo seja feito de maneira responsável e garantindo o funcionamento da aplicação por meio de testes unitários. 

O livro foi escrito para tornar a leitura fácil, com muitos exemplos de código, diagramas e explicações focadas no problema sendo explorado. Os capítulos descrevendo os padrões podem ser lidos individualmente, caso não queira seguir uma ordem linear. Sugiro também que tente fazer as modificações sugeridas no código e até mesmo as suas próprias melhorias.

 

O que é necessário saber

Padrões de projeto é um tópico avançado de Orientação a Objetos (OO), logo, é necessário ter um bom conhecimento sobre OO. É esperado que você entenda os relacionamentos entre objetos, interfaces, contratos etc. Se você já tem experiência com isso, então os problemas de design ficarão bem claros, o que facilita entender a motivação por trás da aplicação dos padrões. 

Os exemplos e as discussões serão feitos considerando sua aplicação em Java, por isso é necessário ter conhecimento razoável sobre a linguagem. Não é preciso conhecer todas as suas funcionalidades; os exemplos são simples e curtos. Se você já conhece bem Java, talvez ache pontos em que o código poderia ser simplificado ou diminuído utilizando algumas funcionalidades da linguagem, mas esse não é o foco do livro.

 

Sumário

  • Parte I — Introdução
  • 1 O que você quer aprender
    • 1.1 O que você vai encontrar
    • 1.2 Como aproveitar bem o livro
  • 2 Refatoração e padrões de projeto
    • 2.1 O que é refatoração?
    • 2.2 Técnicas de refatoração
    • 2.3 Mover Método
    • 2.4 Mover Campo
    • 2.5 Extrair Classe
    • 2.6 O que são padrões de projeto?
    • 2.7 Refatorando com padrões
  • 3 Java e o paradigma orientado a objetos
    • 3.1 Pensando orientado a objetos
    • 3.2 Características do Java
  • Parte II — Padrões comuns
  • 4 Factory: gerenciando a criação de objetos
    • 4.1 O custo da flexibilidade
    • 4.2 Os padrões Factory
  • 5 Strategy: dividir para simplificar
    • 5.1 Um login com vários provedores
    • 5.2 O padrão Strategy
  • 6 Template Method: definindo algoritmos extensíveis
    • 6.1 Nem tão diferentes assim
    • 6.2 O padrão Template Method
  • 7 Adapter: seja como a água
    • 7.1 Caos e ordem
    • 7.2 O padrão Adapter
  • Parte III — Padrões situacionais
  • 8 State: 11 estados e 1 objeto
    • 8.1 Maria e seus poderes
    • 8.2 O padrão State
  • 9 Builder: construir com classe
    • 9.1 Muita informação em um só lugar
    • 9.2 O padrão Builder
  • 10 Decorator: adicionando características
    • 10.1 Espada mágica flamejante da velocidade
    • 10.2 O padrão Decorator
  • 11 Mediator: notificações inteligentes
    • 11.1 O espaguete de notificações
    • 11.2 O padrão Mediator
  • Parte IV — Conclusão
  • 12 Os outros padrões
    • 12.1 Padrões pouco utilizados
    • 12.2 Padrões mal utilizados
    • 12.3 Padrões que ninguém deveria utilizar
  • 13 Conclusão
    • 13.1 Design evolucionário

Dados do produto

Número de páginas:
142
ISBN:
978-85-94188-21-2
Data publicação:
10/2017

Compartilhe!

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter